Beto Rodrigues – Vitória/ES

A leitura foi orgânica, leve, dinâmica e envolvente. Foi um daqueles livros que não se quer parar de ler. Logo no primeiro capítulo criei um vínculo com Catarina […]. Não importa se a personagem seja feminina, porque o livro joga com um símbolo forte, o amor. Todos que já tiveram sua cota de mancadas, biscateadas, decepções e amores avassaladores vão se identificar. Porque amar, sofrer, entender que não é trabalho do outro satisfazer suas demandas, que você é o único responsável por sua felicidade e arriscar novamente, é dolorido! E Catarina foi valente, forte…foi uma heroína. Adorei cada página e agora estou com aquela tristeza clássica pós leitura. Meus parabéns pelo livro. Você merece todos os elogios e mais.