Relatos

O Maraca é nosso!

Relato de um emocionante jogo Flamengo X Botafogo, no retorno do Mengão ao Maracanã (julho/2013).

A casa está tomada de preto e vermelho. Listrado, horizontal, quadriculado, às vezes até amarelo e azul, mas sobretudo, tomada com o apoio da torcida mais fiel do mundo.

As bandeiras brincam nos dedos de milhares de rubro-negros, deslizam acima de deslumbrados torcedores que pela primeira vez fazem parte de algo tão contagiante. Somos milhares, unidos pela mesma paixão. Hoje, temos uma só voz.

Maraca_1

Ao menor sinal de barulho do lado preto e branco, o colorido preto e vermelho brada, canta, urra, batuca e, em uníssono, sufoca as tentativas de apoio de uma torcida nem de perto tão fiel quanto a rubro-negra.

Entretanto, nossas 11 camisas se arrastam no tapete verde. De volta para casa, não se pode dizer que os jogadores flamenguistas são merecedores do apoio inabalável da torcida, que há duas horas preparava os ânimos para mais uma revoada de urubus.

Maraca_6.PNG

Ainda no primeiro tempo, o Flamengo leva o primeiro golpe alvinegro. O goleiro abaixa a cabeça, mas a torcida levanta a voz: o hino do time é entoado orgulhosamente por mais de 30 mil flamenguistas apaixonados, como se a comemoração fosse nossa. A algazarra é a forma de dizer: “levanta essa cabeça, Felipe, estamos aqui, e não vamos deixar os chorões sequer comemorarem o balanço da rede”. Uma forma de dizer que o Maraca é nosso, e aqui quem grita somos nós.

Maraca_10

Mas o Mengão não reage. E o Botafogo luta, derruba, puxa, atua. O intervalo chega, e a torcida exige: “Queremos raça!”. A gente só quer ver de perto a paixão que toma conta de todas as gargantas irritadas de gritar. A gente quer ver o talento, o suor e a emoção que mostra para o mundo inteiro que o Maraca é nosso.

Os rostos rubro-negros estão tensos, mas erguidos. Um novo recomeço e a bola rola com mais vontade. A torcida grita “Vai pra cima deles, Mengo!”, e o Mengo reage. Adryan adentra a partida trazendo novo fôlego e esperança para os companheiros.

Maraca_8.PNG

Quando a rede alvinegra balança pela primeira vez, os urubus gritam, recompensados pelo apoio incondicional dado desde o início da batalha em campo. Quando a suspeita arbitragem tira de nós o gol, o estádio explode de indignação.

Mas a raça que a gente tanto queria está lá, enchendo os milhares de peitos rubro-negros de orgulho, e o Flamengo prova que vai balançar a rede a qualquer custo. Tumulto na área, e a bola desliza para o gol, debochando do goleiro adversário. Nova algazarra, a torcida flamenguista delira, somente para ter o segundo gol anulado. O árbitro tem a masculinidade duvidada e a mãe ofendida.

O goleiro botafoguense atua na área do gol, atrasando a partida e desafiando a fome rubro-negra. A torcida alvinegra canta a vitória, arrebatada pelo momento. E os cinco minutos finais chegam, com aquela sensação de “ainda dá tempo”. O torcedor flamenguista está de pé, está gritando, enviando energias positivas, entregando o que resta de sua voz, com fé no desafio. E eis que aos quarenta e nove minutos, a bola explode nos pés de Elias e avança na rede alvinegra.

Maraca_4.PNG

A torcida botafoguense está diminuta. Quieta, ela se retira do estádio sem nem prestar apoio a seu time, que lutou tanto no segundo tempo. A torcida rubro-negra está em polvorosa. É um empate, mas aquele 1 a 1 significa tanto mais em nossos corações. Ainda estamos pulando, gritando e batendo palmas, indiferentes à queimação em nossas gargantas e a ardência em nossas mãos dormentes. Estamos abraçando amigos, família, namorados, desconhecidos.

Maraca_9.jpg

Estamos sentindo em nossos corações a emoção da superação e da persistência rubro-negra, que não desistiu nem quando tudo parecia impossível.

Saímos do estádio vitoriosos, pois aquele empate foi a prova de que, independentemente do saldo da partida, o Maracanã ainda é, de fato, nosso.

(Foi demais!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s